Share
twitterlinkedinfacebook
Image 1 of 1
CDG02062021-326.jpg
Campinas (SP), 02/06/2021 - Saúde - Plinio Tabasso, infectologista e coordenador de assistência do HC da Unicamp. A superintendência do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp solicitou nesta terça-feira (1°) a suspensão, por 48 horas, do encaminhamento de pacientes para o Pronto-socorro e decidiu não realizar internações e cirurgias eletivas até 7 de junho por conta da superlotação na unidade.<br />
Segundo o hospital, o PS opera com 295% da capacidade, o que inclui as duas salas de emergência destinadas à estabilização dos pacientes graves que chegam à unidade. "As UTIS Covid e não Covid também estão lotadas e sem capacidade de giro de leitos", aponta.